Notícia

09/09/2019 Comissão vota projetos e quer explicações sobre mudanças no trânsito

Os vereadores da Comissão de Finanças, Orçamento, Controle e Fiscalização da Câmara Municipal de Natal se reuniram nesta segunda-feira (9) e decidiram convidar a Secretaria de Mobilidade Urbana a esclarecer sobre recentes alterações no trânsito da cidade. Na ocasião, deliberaram sobre projetos de diferentes naturezas que estavam em pauta.

Vários projetos apreciados trataram da área da saúde municipal. “Aprovamos projeto de minha autoria para que seja disponibilizado serviço de geriatria nos distritos de saúde nos horários de atendimento diário. Visitamos locais de atendimento e verificamos essa necessidade, especialmente na zona Norte”, conta Preto Aquino (PATRI). Ele foi relator do projeto de autoria do vereador Paulinho Freire (PSDB), que institui a campanha “Coração de Mulher” no mês de setembro, para alertar as mulheres sobre prevenção de problemas cardiovasculares.

Do vereador Fernando Lucena (PT), chegou à comissão o projeto que garante assistência à saúde dos servidores terceirizados. A Comissão de Justiça deu parecer contrário, mas esse parecer foi derrubado em plenário e, por isso, segue nas outras comissões. “Esses servidores estão amparados pela convenção, por isso queremos apenas inserir no edital de licitação das empresas que serão contratadas, garantindo esse benefício para a saúde dos servidores terceirizados”, argumentou Lucena, que relatou o projeto da vereadora Júlia Arruda (PDT), para que os canais de divulgação do CVV (Centro de Valorização da Vida), que realiza apoio emocional e prevenção do suicídio de forma voluntária, sejam divulgados nos órgãos e repartições do município.

Sobre saúde, foi aprovado outro projeto da vereadora Júlia, criando a Semana de Prevenção da Gravidez na Adolescência; o do vereador Ney Júnior (PSD), permitindo o adiamento de provas em concursos públicos do município para candidatas grávidas; e o que garante a concessão de bolsas para médicos residentes do programa Saúde da Família, de autoria da vereadora Carla Dickson (PROS). O vereador Aroldo Alves (PSDB) também participou da reunião.

Dentre as matérias apreciadas, também está uma de autoria do presidente da comissão, vereador Dinarte Torres (PMB), que altera o procedimento para mudança de denominação de logradouros, estabelecendo que o pedido possa ser feito via conselhos comunitários, a qualquer vereador e não apenas ao presidente da Casa. “Com isso, a representação legítima dos moradores, que são os conselhos, poderão assumir esse papel, se for da vontade daquela localidade fazer uma alteração na denominação da rua, por exemplo,”, explicou.

 

Explicações sobre trânsito

Na reunião, os vereadores concordaram em convidar a Secretária de Mobilidade Urbana, Elequicina Santos, para esclarecer, na próxima segunda-feira (16), sobre mudanças promovidas no trânsito da cidade. “A sugestão foi acatada por todos os vereadores da comissão porque queremos saber o que levou à implantação de novos equipamentos, como novos semáforos, faixas de pedestres e rotatórias. São mudanças que precisam ser explicadas à população”, pontuou o vereador Maurício Gurgel (PSOL).

Na semana passada, com a justificativa de dar mais segurança para os pedestres, foram iniciados testes com um novo semáforo na Avenida Hermes da Fonseca, que é uma das mais importantes e movimentadas da cidade, além de novas travessias para pedestres nessa via, e em outras oito, a partir desta terça-feira (9).

Texto: Cláudio Oliveira
Fotos: Marcelo Barroso

Reunião Comissão de Finanças - 09-09-2019