Noticias

08/01/2019 Câmara de Natal prestigia posse dos novos dirigentes do TJRN

A presidente em exercício da Câmara Municipal de Natal, vereadora Nina Souza (PDT), prestigiou na noite desta segunda-feira (07) a posse do desembargador João Rebouças como novo presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) para o biênio 2019-2020, tendo o desembargador Virgílio Macêdo Júnior como vice-presidente e o desembargador Amaury Moura Sobrinho como corregedor geral de Justiça. 

Realizada no Centro de Convenções, a solenidade contou com a participação dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, representantes da advocacia, movimentos sociais e entidades de classe. 

Nina Souza, que representou o Legislativo natalense, destacou que as duas instituições compartilham valores humanos, ideais democráticos e objetivos de desenvolvimento. "Trata-se de uma relação institucional muito importante para a sociedade. A meta é estreitar nossos laços com o TJRN e aprofundar parcerias, que se ramificam em diversas frentes, com ganhos mútuos", ressaltou a parlamentar.

"Creio renovação é salutar e necessária para a justiça do Rio Grande do Norte. Sei que o Dr. Expedito Ferreira fez um bom trabalho à frente da presidência do Tribunal de Justiça, e que o Dr. João Rebouças vai continuar a luta pelo fortalecimento do Judiciário. Estamos aqui para deixar nosso abraço e desejar sucesso", disse o prefeito em exercício de Natal Paulinho Freire. 

O novo presidente do Tribunal de Justiça chega ao mais alto cargo da magistratura potiguar elegendo como um dos seus desafios a finalização da digitalização de processos do Judiciário do Rio Grande do Norte. "Nossa meta é deixar o TJ 100% digital até o final deste ano para avançar na modernização da prestação jurisdicional, proporcionando ao usuário do Sistema de Justiça uma reposta rápida e eficaz a seus anseios", anunciou João Rebouças.

Ele também falou que pretende reduzir os gastos da Corte de Justiça Estadual. "Vamos fazer mais com menos, mediante a contenção de despesas que o RN precisa. Temos que otimizar recursos e cortar despesas, mas sem comprometer a qualidade dos serviços oferecidos à sociedade", concluiu.

Texto: Junior Martins
Fotos: Elpídio Júnior

Voltar

event_note Informativo